Como gerenciar a vida em tempos de mudanças

Como gerenciar a vida em tempos de mudanças

Empregados ou não, todos nós estamos sujeitos ao estresse, por isso não adianta tentar fugir dele, mas sim aprender a gerenciá-lo, principalmente em tempos de mudanças ou crises.

Primeiramente é necessário entender que o estresse nem sempre gera prejuízos à saúde física ou mental, mas isso depende da forma como se lida com ele. Então o que teria de diferente as pessoas que passam por situações de crise, se superam e ainda prosperam?

Nada mais que a atitude! Pessoas que tiram proveito das crises costumam atuar da seguinte maneira:

1º Encaram as mudanças como desafios e não como ameaças: As mudanças podem ser vistas como ameaças por muitos executivos – mas todas precisam ser exploradas como uma oportunidade – para fazer algo de diferente, algo de novo e, acima de tudo, para fazer algo melhor e mais produtivo.

2º Não se abalam frente às dificuldades: Nem sempre acertamos na primeira vez que realizamos determinada tarefa… por isso o fracasso não deve ser motivo de estresse, muitas vezes ele gera mais aprendizado e se tivermos vigor para persistir e continuar a tentar novas estratégias, certamente teremos êxito. Problemas são nossos trunfos e nos ajudam a crescer e vencer na vida. Somente dessa maneira conseguimos evoluir nossas mentes para níveis mais elevados de energia e integração, para que possamos absorver novas tarefas e buscar novas soluções.

3º Dedicam-se e tem um propósito na vida: Quando se tem uma meta bem estabelecida, as dificuldades se tornam apenas mais motivos para chegar lá. Planeje e faça seus objetivos se tornarem realidade, passo a passo, cada etapa realizada te fará mais motivado e preparado para a fase seguinte.

4º O estresse os tornam mais produtivos: O estresse é uma resposta do corpo a qualquer mudança, seja ela boa ou ruim. Trata-se de uma parte necessária de nossas vidas, que não podemos e nem devemos eliminá-la. Precisamos de certo nível de estresse para estimular nosso desempenho e utilizar nosso potencial máximo.

Como isso tudo, compreendemos que o objetivo não deve ser acabar com o estresse, mas sim responder adequadamente. Lembre-se sempre: o importante não é o evento e sim a maneira como o percebemos. Quando a situação é percebida positivamente como um desafio pode despertar as melhores habilidades e potencial de uma pessoa.

Se você está passando por esta fase de mudanças, seja na vida profissional ou mesmo pessoal, aproveite todas as chances de aprender e experimentar coisas novas, com certeza o universo está te presenteando com uma oportunidade de ser melhor e fazer o melhor em sua carreira e vida como um todo.

Esperamos ter lhe proporcionado um momento de reflexão… para que sua contribuição seja ainda mais ampla no trabalho e mais plena na vida!

 

Um forte abraço,

Equipe Thomas Case & Associados


Norberto Chadad

Norberto Chadad é Engenheiro Metalurgista pela Universidade Mackenzie, Mestre em Alumínio pela Escola Politécnica, Economista pela FGV, CEO da Thomas Case & Associados e Fit RH Consulting, e tem “Paixão por Pessoas”.

Os comentários estão fechados.