Inovação Disruptiva: a ruptura do antigo modelo em nós

Lâmpada acesa perante outros

Sou Patinadora Profissional. E também Psicóloga, Coach e Aconselhadora de Gente.

Comecei por volta dos 6 anos de idade, a praticar o esporte da minha vida e do meu coração. Aprendi desde cedo a desenvolver as habilidades e as competências que fariam a diferença em minha carreira tempos mais tarde. Subverti a ordem!

Não precisei de anos de experiência profissional para apresentar competências como atitude positiva, foco no resultado, criatividade e inovação, além de habilidades como comunicação, sensibilidade interpessoal, ajustamento emocional e sociabilidade.

Exercitei valores como afiliação, altruísmo, reconhecimento e hedonismo (trabalho é mesmo prazer).

Aprendi com meu primeiro professor, técnico e coreógrafo o catalão Pedro Tort, que posso reproduzir insistentemente uma sequência de passos, posso treinar um salto ou uma pirueta dezenas de vezes, posso apresentar uma mesma coreografia em diversas ocasiões, mas sempre devo buscar o novo, fazer diferente, mesmo que o antes pareça infinitamente igual.

Pedro Tort não sabia mas já me incentivava na 1ª infância como patinadora a desenvolver um novo conjunto de atributos que me permitiriam praticar a patinação artística de uma maneira diferente da que eu executava – era a Inovação Disruptiva. ‘Seu Pedro’ ensinava-me a não ficar apenas na Inovação Sustentadora fazendo melhor o mesmo.

E quando me disse que eu estava nomeada técnica da equipe infantil de patinadores e tinha a missão de preparar a todos para um campeonato estadual, depois do medo inicial e diante da minha convicção de que eu não seria capaz, veio uma nova lição.

Sabiamente Pedro Tort incentivou-me a buscar meu aperfeiçoamento como patinadora, oferecendo-me como um produto melhor e mais completo: patinadora, professora, técnica e coreógrafa. Novamente a Inovação Disruptiva em ação!

Eu não seria mais uma patinadora solista, obcecada em fazer mais saltos e piruetas de elevado grau de dificuldade, em dançar ao som da música perfeita e apresentar uma coreografia espetacular. Seria eu no outro, uma melhora do produto patinadora, lapidando os pequenos diamantes que eram os patinadores mirins. Seu Pedro de novo introduzia a Inovação Disruptiva em minha vida!

E não é que eu entendi o recado. Poli dia após dia os pequenos diamantes, descobri que eu era técnica e coreógrafa, exercitei meu talento de patinadora e inspiradora de gente e …. ganhamos o campeonato de ponta a ponta.

Mais uma vez este sábio mestre, que nunca conheceu o conceito de inovação disruptiva, levava-me adiante de mim mesma, antecipando o que eu teria de fazer décadas depois como profissional.

E a vida e o meu professor não pararam por aí. De uma patinadora solista, técnica e coreógrafa, veio novamente a desconstrução de mim para um novo desafio: ser uma patinadora de duplas, unindo todas minhas as competências técnicas com o esforço de superação de construir patinação artística no ritmo e modo de outra pessoa.

E o resultado foi ser campeã e receber um convite de outra agremiação esportiva para por ela competir e nela brilhar em seu show de patinação artística.

Aqui estou hoje, mais de 40 anos depois, afirmando que a transformação que fiz no esporte ‘contaminou’ a minha carreira beneficamente, despertou o meu talento, ajudou-me a desenvolver minhas habilidades e competências, além de reafirmar meus valores e mais íntimos interesses.

A Pedro Tort devo não só gratidão, carinho e amor mas o agradecimento por ter-me dado a certeza de que todo dia é dia de quebrar o antigo modelo que sou em busca de ser alguém melhor. Que nos encontremos um dia na eternidade para, quem sabe, patinar um pouco mais!


Marcia Vazquez | Gestora do Capital Humano e de Operações
Marcia Vazquez | Gestora do Capital Humano e de Operações

MBA em Gestão de Pessoas pela Universidade Anhanguera, Certificada em Hogan pela Hogan Brasil, Certificada em Coaching pela International Coaching Community (ICC), Pós-Graduada em Gestão de RH pela Universidade São Marcos, Especializada em Análise Transacional pelo IBAT e Graduada em Psicologia pela FMU

Os comentários estão fechados.