Os principais obstáculos nos quais os profissionais esbarram e que impedem o seu desenvolvimento

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e seletivo – isso não constitui nenhuma novidade –, vencer as adversidades é o melhor caminho para alcançar o sucesso em sua carreira. Os obstáculos sempre estarão presentes e, o importante, é saber como agir em relação a cada um deles. Desenvolver um projeto personalizado de ação neutralizante pode ser a saída.

Enumeramos cinco principais obstáculos capazes de impedir o seu crescimento profissional:

1) Não definir objetivos.

Qual a importância de definir objetivos nos seus projetos profissionais e, até mesmo, em sua vida pessoal? Este é o primeiro passo para orientar as suas ações. Você poderá chegar a qualquer lugar dentro das suas expectativas futuras, até naqueles que não interessam para a sua carreira. Defina seus objetivos e suas preferências, pois com metas e planejamento você terá mais chances de atingi-los. A menos que você prefira fazer parte do grupo “eu não sei o que fazer da minha vida.”

2) Responsabilizar os outros pelo seu insucesso na carreira.

As empresas são corresponsáveis pelo sucesso na carreira de seus colaboradores. O RH ou o Capital Humano das empresas têm o papel de ajudar nesse processo, porém cabe ao próprio profissional buscar uma carreira bem-sucedida através de dedicação, planejamento, estudo, força de vontade e, é claro, muito trabalho. Você é o principal responsável pelo seu sucesso!

3) Não querer correr riscos.

Não seja o tipo de profissional que nunca erra ou o profissional que não quer correr riscos expressando opiniões; esta é a alternativa para ficar estagnado e nunca evoluir. Para atingir novas metas e provocar inovações, bem como sobressair-se em suas atividades, é preciso correr riscos. Esteja a frente das decisões!

4) Perder o emprego.

Todos sabemos que lidar com uma demissão não é fácil e é um alto fator para causar desmotivação. Porém, você deve entender também que, a procura por um novo emprego é também uma oportunidade para investir em um novo projeto, em novas oportunidades profissonais.

5) Ser desmotivado.

A desmotivação é um dos principais fatores que impedem o desenvolvimento profissional. A falta de ânimo – uma consequência da desmotivação –, compromete diversas oportunidades que surgem no seu cotidiano.

Tire as “pedras de seu caminho”. Pise firme e a passos largos. Seja otimista e acredite em você. Há certos momentos na vida que podemos ser nossos piores inimigos. Antes de mais nada, conheça a si mesmo, domine suas potencialidades e perceba as habilidades dos seus parceiros. Todos nós possuímos o ímpeto de nos desenvolver pessolmente; essa ação fortalece a procura por resultados que desejamos. Gerenciar seus próprios interesses é o meio mais prático e simples para o sucesso.

Tenha paixão pelo que faz. Não se obrigue a trabalhar em algo que não condiz com a sua personalidade. Quando você ama o seu trabalho, as possibilidades de progresso são infinitas pois você, sem dúvida, procurará novas escolhas para obter crescimento. Além disso, unir pesquisas, seminários e cursos ligados à sua área para se autodesenvolver, o tornará apto para exercer sua função em toda a sua plenitude.

Invista em seu talento. Você é muito mais preparado do que imagina ser, mas, novamente, é preciso desenvolver suas potencialidades. Seja persistente e não desanime ao primeiro contratempo ou observação negativa que seu gestor possa lhe transmitir: reconheça os erros e seja ágil na correção. Já experimentou acreditar em você? TENTE! Você não faz ideia do que é capaz…


Norberto Chadad | CEO das empresas Thomas Case & Associados e Fit RH Consulting
Norberto Chadad | CEO das empresas Thomas Case & Associados e Fit RH Consulting

Mestre em Alumínio pela Escola Politécnica, Mestre em Metalurgia pela USP, MBA pela Los Angeles University, Graduado em Economia pela FGV e Graduado em Engenharia Metalurgista pela Universidade Mackenzie

Os comentários estão fechados.